Domingo, 26 de Abril de 2009

Alessandro Gregorute desmascara falsos cristãos

Igreja do Evangelho tradicional Apostólico






 

Que Deus vos abençoe.

Busca primeiro o Reino editou às 13:41
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Luciano a 19 de Março de 2010 às 09:40
Estão faltando os videos , foram excluidos.

Um abraço


De Paulo Luiz Mendonça. a 18 de Novembro de 2010 às 15:29

Hipocrisia dos falsos religiosos.

Fico perplexo em ver as pessoas acharem que Deus não tem inteligência, porque penso isso. As pessoas são maldosas, egoístas, maledicentes e hipócritas. Não tratam seus semelhantes como a ti mesmo, nem sabem o que é isso. No entanto quando se encontram em dificuldades tanto financeira como com problemas de saúde, vão aos templos que oferecem milagres de baciada, e com a maior cara de pau tentam comprar com dinheiro dado as igrejas a atenção de Deus, para lhes socorrerem dos males que estão sofrendo. Ora Deus tem uma inteligência muito avançada e não irá ajudar quem não merece. Se Deus tiver que ajudar algum de seus filhos naturalmente ira ajudar aqueles que têm uma vida regrada, aqueles que são puros de coração os falsos não adianta irem com dinheiro comprar a salvação. Se desejarem salvação o caminho não é este, o caminho é mudar a conduta, o procedimento e a maneira de viver, ai sim Deus poderá pensar no assunto.
Paulo Luiz Mendonça. Autor do livro, Crônicas, indagações e teorias. Editora Scortecci.
http://pauloluizmendonca.judblog.com






De Paulo Luiz Mendonça a 18 de Novembro de 2010 às 15:31





JUSTIÇA A TODOS.
Esta crônica não está de maneira nenhuma se relacionando pejorativamente a nenhuma entidade religiosa
Ela somente terá a incumbência de abrir nossos olhos para as injustiças cometidas por nós seres humanos, principalmente nós cristãos.
Em primeiro lugar, falamos de Jesus Cristo, um homem sábio, muito evoluído e audacioso para sua época. Seus feitos foram extraordinários, seus ensinamentos foram sem duvida muito significativo. Suas parábolas trouxeram mudanças profundas na nossa maneira de viver. Segundo relatos, foram feitos por ele centenas de milagres, isso ninguém discute são fatos reais os quais são relatados no novo testamento. Agora vamos fazer um paralelo, uma comparação entre Jesus e outros homens de grande talento que surgiram na terra. Por exemplo, enquanto Jesus fez centenas de milagres salvando pessoas as beiras da morte ou com grandes dificuldades. Alexandre Fleming salvou milhares, e milhares de seres humanos da morte certa com a descoberta da penicilina. Pessoas com infecções sem esperança de cura passaram a serem salvas, e a penicilina abriu caminho para outros antibióticos os quais continuam salvando seres por todo planeta terra. Podemos falar também de Luiz Pasteur, que através de suas pesquisas descobriu a vacina anti-rábica. Através desta descoberta, milhares e milhares de seres foram salvos da morte certa e muito dolorosa. Enquanto Jesus salvou centenas de paralíticos, Sabin descobriu a vacina contra a paralisia infantil, com isso salvou milhares e milhares de crianças a se tornarem paralíticas. Alem destes há também Osvaldo cruz, Vital Brasil, Robert Koch descobridor do bacilo da tuberculose e muitos outros médicos e cientistas pesquisadores os quais dedicaram suas vidas na luta contra as varias doenças que assolavam nosso planeta.
Há também filósofos, educadores e muitos outros nomes importantes no desenvolvimento intelectual da espécie humana.
Vamos agora, ao porque de toda essa explanação. Está no fato de o nome de Jesus ser amplamente divulgado, não só divulgado, mas vergonhosamente explorado, e estes outros grandes homens também super importantes, seus nomes caíram completamente no esquecimento.
É fácil de entender a mídia não se preocupa em divulgar os nomes destes homens, porque esta divulgação não gera lucros e o capitalismo vive de lucros quanto mais lucro melhor.
Paulo Luiz Mendonça. Autor do livro, Crônicas, indagações e teorias. Editora Scortecci.








De Paulo Luiz Mendonça. a 18 de Novembro de 2010 às 15:33
Jesus o nome mais explorado.
Neste nosso mundo, principalmente no Brasil que estou mais familiarizado por ser meu país, a exploração corre solta em todos os setores. Exploram os pais as mães, os namorados, os avôs e as crianças. Todos eles têm o seu dia os quais foram criados pelo comercio consumista, deste consumismo ninguém escapa, todos nós entramos nessa onda não tem escapatória. Isso que foi dito é uma referência somente sobre nós seres humanos. Há também a exploração muito desumana dos animais nas grandes fazendas, Vi em uma reportagem na telinha da t.v. que uma vaca premiada deu em um só dia oitenta ou noventa litros de leite, vejam! Uma vaca para dar esta quantidade de leite em um dia, ela não é mais uma vaca comum é uma máquina de fazer leite isso a meu ver é desumanidade. Esta coitada come o dia todo as melhores rações, todas elas balanceadas e em grandes quantidades, seu úbere cresce tanto que ela mal pode andar. Todos sabem, somos inteligentes e os animais não, portanto eles nos pertencem, mas não vamos exagerar, vamos ser um pouco mais humanos, Nas granjas é a mesma coisa as galinhas poedeiras ficam em uma gaiola onde mal podem se virar vive ali só comendo e botando, isso também é desumanidade. Não é só vacas e galinhas, Há também outros animais submetidos a estes grandes e desumanos sofrimentos.
Enumerei ai alguns seres submetidos a exploração, mas há um nome em especial, este sem nenhuma sombra de duvida é o mais explorado de todos. Os mais observadores já devem saber a quem estou me referindo. Este nome é Jesus, alguém discorda de mim? Creio que não, todos sabem que Jesus tem um nome muito querido e muito importante ele é usado em todo lugar onde alguém deseja explorar a boa fé do povo. Ele está sendo usado no natal para esquentar o comercio, dizem que as festas e presentes no natal são para comemorar o aniversario de Jesus, mas neste dia o aniversariante nem sequer é lembrado isso é pura exploração do comercio. Na páscoa é a mesma coisa, estamos comemorando a ressurreição de Jesus, balela! Estão é fazendo grandes festas e sempre consumindo muito chocolate. De Cristo ninguém se lembra. Falamos agora do lugar onde Jesus é ainda mais explorado, isto esta acontecendo em muitos templos religiosos. Deixo bem claro não é em todos os templos, existem sempre as raras e honrosas exceções, mas qualquer pessoa com um pouco de raciocínio lógico percebe logo quais estou me referindo. O nome de Jesus é muito poderoso, ele ajuda na formação de grandes impérios. Ajuda na formação de riquezas incalculáveis, enfim ajuda á qualquer ser humano inescrupuloso a se enriquecer a custa das pessoas com pouco discernimento. Estas pessoas levadas pela fé não conseguem distinguir o que é certo ou errado, não tendo esta facilidade de saber se estão sendo enganadas ou não fica difícil. Diante deste quadro os aproveitadores deitam e rolam.
Paulo Luiz Mendonça. Autor do livro Crônicas, indagações e teorias.
http://pauloluizmendonca.judblog.co





De Paulo Luiz Mendonça. a 18 de Novembro de 2010 às 15:36



POBRE ANIVERSARIANTE.

Um dia, um homem se encontrava na noite de natal, em uma pequena cidade, quando viu uma casa ricamente enfeitada, toda iluminada, observando esta bela casa pela janela, ele viu que havia uma grande árvore muito bonita, toda enfeitada com milhares de lâmpadas; a árvore tinha em sua base muitos pacotes de presentes, em torno da mesma, muitas pessoas bebiam e comiam ao som de alegres músicas, todos estavam muito alegres e felizes. Do lado de fora desta mesma casa, havia um garoto sentado no primeiro degrau da escada que havia em frente à casa, pelo seus trajes se via que era muito pobre. O homem se aproxima do garoto, notou que ele estava muito triste, seu semblante era de alguém que fora abandonado, o homem se aproxima, senta-se a seu lado, pega em sua mão e diz.
—Como está, filho? Você parece estar muito triste.
—Sim estou muito triste! Porque toda essa tristeza? Tudo hoje é alegria, é dia de natal, hoje se comemora o nascimento de Jesus Cristo. Nesta data, todos nós devemos estar alegres, outra coisa todos estão festejando, porque não foi também em alguma festa.
—Bem que gostaria, mas não fui convidado por ninguém.
—Menino, diga-me seu nome e te apresentarei ao dono desta casa, eu o conheço e você poderá participar desta bonita festa.
–Não adianta dizer meu nome,
–Porque não adianta dizer seu nome?
–Porque todas as pessoas desta casa me conhecem a longo tempo e muito bem, sabem também que faço aniversario hoje, não só elas, mas todos desta cidade, todos deste estado, todos deste país e muitas outras pessoas deste planeta, até o senhor me conhece, o homem pensativo abaixa a cabeça, muito envergonhado, diz
—Sim garoto! Acho que você tem razão não adianta mesmo dizer seu nome!

Esta crônica foi extraída do livro, Crônicas, indagações e teorias. Autor Paulo Luiz Mendonça. Editora Scortecci.
http://pauloluizmendonca.judblog.com







NOITE DE NATAL

Natal é noite feliz
É o que todo mundo diz
Nesta comemoração.
Nem todos têm alegria
Em alguns a tristeza estaria
Ferindo seu coração.

Quem tem amigos distantes
Ou quem tem a vida errante
No natal não tem tal calma
Quando o sino bate a noite
Recebe no ouvido um açoite
Que fere dentro da alma.

Eu que vivo assim sofrendo
Com o coração remoendo
Nas tristezas que vai e vem.
Com o pensamento errante
Procuro por Cristo distante
Indo parar em Belém.













RECORDAÇÃO DO NATAL

Em uma triste noite fria
Escuridão alucinante,
Parei fiquei em silêncio
Ouvindo o sino bater
Em uma capela distante.

O sino que repicava
Enviando no ar um sinal.
Fiquei triste neste momento
Veio-me logo na mente
Recordações do natal.

Sozinho onde eu estava
Bem longe dos entes queridos
Nesta hora eu me encontrava
Solitário neste mundo
Todos já tinham partido.

Estas poesias foram extraídas do livro Crônicas Indagações e Teorias, autor Paulo Luiz Mendonça. Editora Scortecci.







De Paulo Luiz Mendonça. a 28 de Abril de 2011 às 15:36
Que bom seria.

Que bom seria.
Se não houvesse carcaça
E nem houvesse fumaça,
Nem brasa na churrasqueira.
Os nossos irmãos animais
Sem dores e medos reais
Vivendo suas vidas inteira.

Que bom seria.
Não ver o sangue correr,
Nenhum animal perecer
Aves, suínos, ruminantes.
Sem urros e sem gemidos,
Sem animais perecidos
No fio de um aço cortante.

Que bom seria.
Sem nada de violência,
Sem nenhuma desavença
Somente uma vida plena.
Entre os seres racionais
E também entre animais
A paz reinasse serena.

Que bom seria.
Se isso não fosse utopia,
Nem mesmo uma fantasia
Na tão sonhadora ilusão,
Mas me entristece a maldade,
Mesquinhos poder que invade
Os descendentes de adão.


Que bom seria,
Sem animais como detentos,
Em grandes confinamentos
Criados pra serem abatidos.
De maneira tão desumana
Feitos por mentes insanas,
De Humanos embrutecidos.

Que bom seria,
Se só houvesse luz e beleza,
Que desse a nós a certeza
Que a paz é a doce vivencia.
Tudo na terra seria candura,
As almas seriam mais puras
Com uma vida sem violência.

Que bom seria.
Sem a nossa mesquinhez,
Sem nenhuma estupidez
Ao tratar nosso semelhante.
Os nossos irmãos menores,
Já provaram e são melhores
Que a nossa mente arrogante.

Pra que serve a inteligência,
Que só nos causa carência
Na vivência do dia a dia
Fico pensando desolado,
Dizendo a mim mesmo calado,
Que bom seria, que bom seria.

Paulo Luiz Mendonça.





De Paulo Lui Mendonca. a 16 de Dezembro de 2010 às 15:04
FRENÉTICA ADORAÇÃO A DEUS

A frenética adoração a Deus, a Cristo e a todos os profetas, no meu modo de ver é um exagero desnecessário.
Não acho que Deus seja vaidoso para gostar de bajulação, não é necessário que dediquemos nossas vidas em seu louvor com tanto entusiasmo. Isso me parece mais propaganda do bajulador, ou então o mesmo se encontra com problema de consciência. O que Deus quer, na verdade, é que nós sigamos as normas e as leis do bem, da moral e da decência. Esta adoração desenfreada não nos levará a nada, porque este procedimento dá á nítida demonstração que nós, não estamos entendendo o verdadeiro caminho, estamos agindo como cegos e não estamos notando o sentido da coisa. Está provado ou pelo menos se supõe, que Deus é amor e bondade, ele tenta nos ensinar o caminho correto através de Cristo e de todos os profetas que vieram à terra. Os ensinamentos destes profetas são para nós como um curso, onde foi ensinado tudo o que se deve fazer ou não fazer. Portanto, se conclui que o templo religioso é na verdade uma escola, que devemos freqüentar e aprender os ensinamentos e posteriormente aplicá-los. Com o aprendizado concluído não necessitamos mais ir à escola, daí em diante é só praticar o que foi assimilado pelas nossas faculdades intelectuais. Pelo que vejo, freqüentadores assíduos dos templos religiosos são na verdade maus alunos, pois não conseguem aprender os ensinamentos e nem pô-los em pratica. Para mim estes são alunos repetentes incorrigíveis, na verdade não conseguem aproveitar bem as aulas recebidas, estão sempre lá ouvindo as mesmas lições. Cristo disse em seus ensinamentos, "amai o próximo como a ti mesmo" esta máxima por acaso alguém entendeu?

Não, todas as semanas voltam lá no templo para ouvir as mesmas aulas, porque não aprendem? Hora, se eu vou à igreja ouço o pastor, padre ou qualquer outro mestre em teologia falar, Cristo disse nos seus ensinamentos, "amai o próximo como a ti mesmo, não julgueis para não serem julgados" ou ainda, "perdoais seus inimigos," nós imediatamente concordamos e aprovamos aquelas sábias palavras, a partir destes ensinamentos, o que devemos fazer, é praticar o que foi por nós aprendido, mas o que acontece na verdade? Na próxima semana estamos lá novamente, porque não conseguimos por em prática nada do que foi ensinado. Nós continuamos sendo egoístas, maledicentes e hipócritas, continuamos a julgar nossos irmãos, e continuamos a não perdoar nossos inimigos, portanto, se não conseguimos por em prática, o que aprendemos, continuamos no mesmo estágio evolutivo, não houve progresso, acham vocês que é isto que Deus espera de nós? Não, ele não deseja que estejamos sempre lá, louvando-o, dando a nítida impressão de pura falsidade. O que Deus quer na verdade, é que entendamos seus ensinamentos e passamos saber qual o caminho do bem e da moral. Deus não precisa de louvores e badalações, pois ele está muito acima de tudo isso, o que ele quer de nós, é pura e simplesmente que sejamos bons, que tenhamos o coração cheio de amor para dar. Diante disso devemos lembrar, das palavras do apostolo Paulo "não vale nada a fé sem as obras," portanto, se agirmos da maneira correta, estaremos dando bons exemplos, esses bons exemplos poderão ser seguidos por pessoas próximas a nós, pois se sabe que a bondade atrai a bondade. Agindo assim estaremos espalhando o bem sobre a face da terra, o bem espalhado destrói o mal, assim como a luz destrói a escuridão.
Muitos poderão me contestar, dizendo que indo a igreja se aprende mais. Mesmo diante de contestações deste tipo, continuo dizendo, a assiduidade exagerada à casa de Deus é bobagem, porque, por exemplo, os ensinamentos de Cristo, são claros como água, não há nenhuma dificuldade para ser entendido, são frases simples e objetivas a qual tem em seu conteúdo um profundo sentido. Atentem para este, amai seu próximo como a ti mesmo, acham isto difícil de entender? Isso não é difícil, o que o torna difícil é porque contrariam os nossos interesses, nosso egoísmo e nossa pequenez, o próximo para nós, na maioria das vezes, é considerado um inimigo, um concorrente. Quando ouvimos algum ensinamento que nos interessa, acatamos, aplaudimos e nos manifestamos até com palmas, mas quando o ensinamento fere nossos interesses, passamos nos fazer de mal e


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


Artigos recentes

Alessandro Gregorute desm...

Parado mas não esquecido....

Feliz Natal a todos

Posicionamento no Reino

Que se diz sobre o Reino ...

Ponha em primeiro as cois...

Arquivos

Abril 2009

Maio 2008

Dezembro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Pela fé...

Sites

Caminho de Fé
Liberdade Cristã
Estudando a Palavra


Blogues

Caminho de Fé
Liberdade Cristã
Seguindo a Jesus
Estudando a Palavra
Busca primeiro o Reino

Estou no...








Estou no Blog.com.pt

E você, blogaqui?
blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags